Publicado por: Flavia Sbragia | 17/08/2013

No coração da Toscana

Empoli caprionlineit

Neste final de semana falaremos de uma cidade muito importante tanto comercialmente quanto que artisticamente.

Geograficamente está localizada no coração da Toscana. Entre Firenze, Pisa e Siena, Empoli é hoje uma cidade que podemos dizer que tem um grande espírito empreendedor, muita criatividade e coesão social.

Muito ligada ao comércio, que a fez ser conhecida pela Itália e o mundo, Empoli ainda preserva sua história, sua arte seus encantos.

44254_empoli_nebliger_arno_bei_empoliOs achados mais antigos na região são datados da pré-historia, no Paleolitico Médio, entre 100.000 e 40.000 anos atrás. Algumas ferramentas de pedra foram encontradas na área compreendida entre Poggiale e Torrino di Martignana, e entre Piazzano e Cotone.

No entanto são os vestígios arqueológicos da época etrusca os mais consistentes. Um dos assentamentos mais populosos foi encontrado perto da confluência entre os rios Arno e Elsa, a Martignana.

Mas são do tempo romano os resultados mais numerosos, contínuos e substanciais. É nele datado o importante momento da região no ponto de vista histórico, artístico e sócio – econômico, em se tratando de uma reconstrução de como as pessoas viveram e vivem no transito pelo território. O resultados dos estudos reconstroem o que foi um importante centro comercial, bastante rico e animado, onde as mercadorias vinham por via fluvial de Pisa e tinham como destino principalmente as cidade de Firenze e Fiesole. O principal e mais característico produto da área era o chamado “ânfora de Empoli”. Construido em Avane entre os séculos II e V d.C. se espalhou por toda a península. Até hoje é uma marca da cidade.

Anfora de Empoli

Ânforas são vasos antigos de origem grega de forma geralmente ovoide e possuidoras de duas alças. Confeccionados em barro ou terracota, comduas asas simétricas, geralmente terminado em sua parte inferior por uma ponta ou um pé estreito, e que servia sobre tudo para o transporte e armazenamento de gêneros de consumo, tal como a salmoura. Era usada pelos gregos e romanos para conter sobretudo líquidos, especialmente o vinho. Servia também para conter azeite, frutos secos, mel, derivados do vinho, cereais ou mesmo água.” – wikipédia

Um registro histórico da época romana importante para a cidade é a chamada “Tavola Peutingeriana”, espécie de mapa do caminho romano onde encontramos o nome “Em Portu” denominando a região de Empoli. Dados fundamentais à reconstrução da sua história de Empoli.

na época Lombarda é muito comum vermos os nomes Monterappoli, Montepaldi, Riottoli, denominando a região. Somente por volta do ano de 780 é que aparecem os primeiros documentos escritos relativos à área como Empoli, sendo seu monumento mais representativo a paroquia de Sant’Andrea, mencionada em um artigo sobre o bispo de Firenze.

2438_empoliEm 1059, Niccolò II sancionou às autoridades um “pacote” de privilégios, entre eles a construção de um novo prédio que até hoje é considerado um símbolo da comunidade de Empoli, além de ser também exemplo da arte românica com sua bela fachada que o destaca.

Em 1119 a cidade foi fortificada facilitando o processo de transferência da população para a área em torno da igreja paroquial, formando assim, o centro da cidade. Em 1260, ela foi palco do congresso Ghibellino, no qual Firenze foi salva de ser totalmente destruída por Pisa e Siena, seus opositores econômicos e políticos. Em 1764, tempo da Reforma Leopoldina, depois do governo Medici, as ligas de Empoli, Pontorme e Monterappoli foram reunidas em uma só comunidade.

Voltando um pouco na história, os séculos XIV e XV foram marcados por um extraordinário florescimento artístico. Agnolo Gaddi, Lorenzo di Bicci, Mariotto di Nardo, Niccolò di Pietro Gerini, Lorenzo Monaco, Starnina, Bicci di Lorenzo, são alguns artistas desse tempo.

Sua vocação artesanal e comercial ficou mais intensa principalmente depois da Segunda Guerra Mundial, nos anos de boom econômico. A produção e fabricação de vidro, principalmente os à prova d’água e verde têm sido por décadas produtos exportados com qualidade para a Itália e o exterior, fazendo assim Empoli ser reconhecida em todo o mundo.

Não percam! Na próxima publicação as artes, cultura e tudo mais que Empoli nos apresenta.

*fotos: 1 site caprionline.it
2 site paesionlinenet.it
3 site dellastoriadempoli.it
4 site paesionlinenet.it

Anúncios

Responses

  1. Adorei vê-la de volta . Um grande abraço.Liana

    • Olá Liana,
      obrigada pelo carinho!
      Também adorei ter voltado.
      Estou entrando no ritmo antigo aos poucos.
      Bjs

  2. Flavia, adorei o blog! Muito obrigada por dividir conosco seus conhecimentos.
    Vou em de Lua de Mel para a Toscana saindo de Roma e temos hospedagem em Siena de 05 a 07 de outubro e em Florença de 07 a 10 de outubro. Poderia me ajudar com um roteiro de carro ou trem o que for mais recomendável… Tanto para conhecer e não sabemos o melhor caminho. Agradeço a atenção. Abçs


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: