Publicado por: Flavia Sbragia | 11/07/2010

O Castelo di Brolio e o Chianti

Depois do Castelo de Malaspina Fosdinovo, hoje vamos saber um pouco mais sobre outro castelo toscano. O Castelo di Brolio, ou também chamado de Castelo Ricasoli.

Localizado em uma área nobre, entre os territórios de Siena e Florença, sua fundação é datada do início da Idade Média. Passou a ser propiedade da familia Ricasoli em 1141 através de uma troca de terras.

Cenário de várias batalhas, vitórias e derrotas, foi ao longo dos séculos muito agredido e destruido perdendo algumas de suas caracteríticas iniciais e adquirindo novas e de cada época avançada, pois foi reconstruido e modificado várias vezes. Desde as muralhas em estilo medieval, passando pelo estilo romantico e gótico até chegar às especificidades toscanas do século XIX.

O Castelo está localizado no meio de 240 hectares de vinhas, a maior sociedade do Chianti Classico, um dos vinhos mais conhecidos e importantes da Toscana. Melhor dizendo, o Chianti é um vinho completamente ligado à esse castelo, pois foi o Barão Bettino Ricasoli, conhecido também como Barão de Ferro que após anos de experiementos para produzir um vinho de alta qualidade que chegou ao Chianti que conhecemos até hoje. Foi ele o precursor do renascimento da produção de vinho italiano.

De origem lombarda, os Ricasoli foram uma das familas mais importantes e nobres dona de feudos durante o imperio de Carlos Magno.

A partir do século XIII a familia cresceu e se separou tomando parte de outras regiões italias, voltando a se reunir entre 1700 e 1800. Mas foi em 1200 que seus exercitos ajudaram Florença em suas batalhas contra Siena, durando até a unificação da Itália.

No entanto enquanto o Barão Ricasoli estava em busca do vinho perfeito, desenvolvendo a vitivinicultura do Chianti, ele não só renasceu a produção do vinho italiano como a partir dos principios modernos de organização econômica e da agricultura, o barão acabou impulsionando o desenvolvimento de estradas e ferrovias, fazendo que um espírito progressista surgisse na região.

O Castelo di Brolio possuí um lindo, grande e histórico parque chamado Bosco Inglês, que foi produzido pelo Barão no século XIX com essencias de diferentes partes do mundo. Sendo que em frente ao castelo tem até hoje uma magnífica sterculea, árvore de 11 metros de altura por 2,9 metros de circunferência.

Ele hoje é museu e vinícola, onde pode-se conhecer toda a história dos Ricasoli, incluindo peças raras e únicas da familia que lutou ao lado dos Medici e que depois contribuiram para a unificação da Itália, e também da produção dos Chianti Ricasoli, incluindo a enoteca onde podemos além de degustar os saborosos vinhos, levar pra casa uma prova de um dos mais saborosos sabores toscanos.

Como opções de passeios temos o Tour classico, que incluí uma visita guiada ao Castelo Brolio e às adegas Barone Ricasoli; o Tour Ricerca e sperimentazione, que incluí um passeio pelas vinícolas e vinhos experimentais; e por fim o Tour Storico que é um passeio pelo museu da coleção de peças dos Ricasoli.

Mais informações entrem no site oficial Barone Ricasoli

* As imagens foram retiradas do site oficial Barone Ricasoli
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: