Publicado por: Flavia Sbragia | 10/07/2010

A cidade de Sansepolcro

O Vale do Tiber está localizado dentro de uma área da Toscana que históricamente foi habitada pelos etruscos, sendo suas principais cidades Perugia, Cortona e Arezzo. Uma área muito visada tanto pelos etruscos quanto pelos romanos, pois podiamos encontrar árvores de nóz que eram a fonte de madeira para os dois povos.

Com esse interesse em comum nessa área, havia muitas disputas pela terra, até que os romanos conseguiram tirar os etruscos da área, fazendo um acampamento estratégico no lugar onde hoje encontramos a cidade de Sansepolcro.

A cidade inicialmente era um feudo de ordem monástica do Camaldolesi, mas como era uma importante localização geográfica para as rotas comerciais entre a Itália central e o Mar Adriático, sua área sempre foi muito disputada pelas familias nobres das cidades vizinhas, passando pelo poderio de várias delas até que finalmente a cidade passou para o controle do duque de Lorena, e então acabaram as disputas.

Mas essa região do vale do Tiber não era somente importante pelas árvores de nóz, cheia de planicies férteis, o tabaco também é, ainda hoje, uma cultura de importante rendimento.

Mas Sansepolcro possuí umas particuliaridades. A primeira é que foi nela que Giulia Boninsegni e Gio Batta Buitoni iniciaram a produção de massas em 1827. Isso quer dizer que a primeira fábrica de macarrão na Itália foi construída lá, onde até hoje podemos ver uma de suas fábricas dentro da cidade.

Ela é a terra natal de pintores e artistas famosos como: Piero della Francesca, Santi di Tito, Matteo di Giovanni e Raffaellino del Colle

E é nela onde o acontece o Palio Balestri, isto é, uma disputa medieval de uma espécie de arco e flexa que eram usados pelos militares da época antiga. O evento sempre acontece no dia 01 de setembro, e é dedicado aos santos Arcane e Egídio.

Agora que falamos um pouco de várias coisas sobre a cidade, de onde será que veio o nome Sansepolcro para esse local meio romano meio etrusco?

Bem, diz a lenda que a cidade foi fundada por dois peregrinos, Arcanus e Egídio, que voltando de um longo período pela Terra Santa, trouxeram um fragmento do Santo Sepulcro. Assim, resolveram construir um oratório para guardar a relíquia sagrada, fazendo então que o local passasse a ser um local de peregrinos religiosos. Há registros históricos de que mais tarde foi construida uma abadia beneditina no local.

Seus principais pontos turísticos são: o Museu Cívico de Sansepolcro localizaod no Palazzo della Residenza; A Catedral de Sansepolcro que também é o Duomo da cidade, dedicado a S. Giovanno Evangelista, local que substituiu o antigo oratório; A Fortaleza de Sansepolcro, que hoje é propriedade privada; O Palazzo Pichi Sermolli; O Palazzo Vescovile, O Palazzotto Giovagnoli; As portas Fiorentina e della Pieve; O Palazzo Alberti; A Igreja de S. Maria delle Grazie e a Igreja de S, Agostino, que inicialmente era a igreja paroquial de Santa Maria.

Para quem visita a cidade no mês de março, do dia 18 à 21 são realizadas as feiras Mazzaquaresima, nela há mostra do comércio tradicional na cidade velha com esposições de produtos locais, agricultura e seus produtos agrícolas, além de carros e outros veículos, produtos alimentícios, produtos de artesanatos e antiguidades e também a feira de gado Tevere na Expo Center.

* vídeo tirado do youtube do primopianonotizie
foto 1 tirada do site Travel guide
foto 2 tirada do site Viaggi e Relax
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: