Publicado por: Flavia Sbragia | 19/06/2010

Futebol histórico de Florença

Hoje vamos misturar um pouco de futebol com história. Mais precisamente vamos ver como era e ainda é o “calcio storico Fiorentino”, ou seja, o futebol histórico de Florença, uma manifestação cultural da cidade.

Desde o século 15, o “calcio storico” é jogado pelos jovens no dia de São João, 24 de junho, padroeiro de Florença. Antigamente somente precisava ser nobre, tanto que foi um jogo muito presente na vida dos Medici, forte e ágil, hoje só precisa ser forte e ágil. No passado era jogado na frente da Basílica de Santa Croce e algumas vezes nas áreas da Via Il Prato, a Piazza della Signoria ou Piazza Santa Maria Novella, hoje é mais comum na Santa Croce.

Antes do início do jogo há um cortejo que saí do convento dominicano de Santa Maria Novella. Trobetas e tambores cantam a marcha para a entrada dos jogadores em campo. Um Pallaio, que é o marcador, ou mal comparando o nosso árbitro, joga a bola para cima bem na linha central do campo dando início ao jogo. O objetivo é chutar a bola na rede adversária, dando início assim a chama da “caça”.

Esse esporte é a verdadeira mistura de futebol com rugby e com isso uma das coisas inoportunas é que em um erro é possível beneficiar o adversário na tentativa de marcar um gol em seu favor. O chute contra a rede adversária deve ser feito com toda a precisão, pois qualquer desvio da bola feito pelo adversário, assim como o lançamento da bola por cima da rede são tidas como marcação de meia caça a favor do time adversário e qualquer marcação é assinalada com a troca de campo das duas equipes.

Olhando de fora, sem saber essas pequenas regras tudo parece mais um luta gratuita, onde vários homens ao invés de irem em direção à bola resolvem sair batendo, aos socos e pontapés nos seus adversários. Mas na verdade é que essas ações são uma das poucas ações que de certa forma estão inseridas nessas regras.

Para controlar o jogo há a presença do árbitro principal, de dois outros auxiliares, os nossos bandeirinhas e mais um árbitro da polícia que fica às margens do campo.No entanto, para manter a ordem do jogo dentro de campo a ajuda vem dos capitães de ambos os times.

Ele é jogado em uma arena de terra onde os jogadores vestidos com roupas medievais travam uma espécie de batalha onde a bola deve chegar ao seu objetivo, nosso gol. Em um jogo são 54 jogadores divididos em duas equipes que ficam alinhadas em três linhas. São quatro bairros tradicionais da cidade que identificam cada uma das quatro equipes. Azul, Santa Croce, vermelho, Santa Maria Novella, branco, São Spirito e verde São Giovanni.

Ao término do jogo, o vencedor recebe um novilho da raça Chinnina e um palio (capa ou manto de lã). E assim como a entrada, a saída de campo é dada com um novo cortejo entre as equipes e as autoridades do jogo presentes juntamente com os Sbandieratori oficiais de Florença.

É um esporte violento e na maioria das vezes sangrento, mas que estimula e envolve o corpo, a mente e a alma.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: