Publicado por: Flavia Sbragia | 23/05/2010

O duro exílio de Wondeland

Hoje, então, em resposta ao post de ontem, fiquem com o lindo texto da minha querida amiga Roberta Ristori do excelente blog “Giro pela Toscana“.

O duro exílio de Wondeland – por Roberta Ristori

Minha querida Flavia,

É uma saudade profunda e lenta que me engole nela. Uma sensação de exílio que rouba a minha paz e lamenta a ausência de asas.

Tudo o que poderia desejar nesse exato instante era estar lá, perdida nos “vicoli” da minha amada Siena e esperar brotar as magníficas papoulas vermelhas em meio aos trigais dourados.

Viver novamente pôr-do-sóis espetaculares nos portos da Versilia, como que emergida das pedras – viva, cheia de energia, enquanto pequenos barcos enfeitam o horizonte rosado.

Subir num cavalo e me embrenhar Toscana a dentro. Sozinha e completa, pois aquela terra me pertence e eu pertenço a ela – unidade que me completa.

Ver estrelas, um bom vinho tinto, uma boa companhia no lugar mais amado dentro tantos tão amados, a singular Piazza del Campo, única, perfeita, insubstituível.

Uma noite onde pensamentos são dispensáveis e tudo fala por si só, como num mundo paralelo, universo mágico. Ali onde minha Alice ganha vida, onde pode ler pensamentos e assumir muitas formas.

Wonderland de ruas labirínticas e telhados vermelhos. Onde as pedras sabem contar histórias e as viagens no tempo são corriqueiras. Mil cenários possíveis, mil possibilidades de amor. De lendas que sabem tanto de encantamento, de mistérios que fascinam.

Ser escrava, princesa, musa ou sereia, trocar nas horas do dia. Ter um poeta por segundo e brincar de viabilizar o impossível, de ter poderes redobrados.

Onde Alice não segue coelhos brancos, sua curiosidade já foi há muito seduzida por esta terra onde tudo é beleza e se tropeça em arte frequentemente. Ela simplesmente caminha, hipnotizada e livre.

Quem sabe encontrar um Chapeleiro Maluco numa Harley-Davidson e seguir perdendo-se e encontrando-se pelas estradas secundárias, sentindo o vento no rosto, os cheiros da história. Incansável, sempre embriagada de amor pela sua Toscana.

Anúncios

Responses

  1. Muito lindo! Parabens!

  2. Obrigada, Adriana!
    Fla, muito obrigada pelo espaço no seu querido blog!
    Beijos!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: