Publicado por: Flavia Sbragia | 04/04/2010

“Giro” na Toscana, final etapa 6

Hoje terminaremos a etapa 6 do Girod’Italia. De Ceserano à Carrara.

Ceserano é uma pequena cidade que está localizada em uma montanha, bem em uma curva onde a ladeira faz “ida e volta”. É um lugar de difícil acesso e fica a uma distância de 1.090 metros da Via Nazionale, e 386 metros acima do nível do mar. Possuí 37 casas, 161 habitantes.

Possuí uma antiga fortaleza chamada Ebbe que já serviu como armazém de munição, devidos às suas paredes sólidas e suas torres. Dentro dessa fortaleza podemos encontrar o que antes era a Igreja de Santo André, onde vemos ainda a sacristia, o campanário as acomodações do pároco e de seus funcionários e a cisterna.

De Ceserano os ciclistas irão para a estrada chamada “Passo del Cucco” que é em subida até o monte Il Cucco e depois desce até eles chegarem em Melara.

Melara é uma pequena localização na cidade de Fosdinovo. Perto da fronteira da Toscana com a Ligúria, é entre todas as localizações da cidade a mais distante do topo da montanha, onde está localizada Fosdinovo. Passa perto dela a Via Aurélia, rodovia que corta a Itália de norte a sul.

Fodisnovo é um centro medieval localizado em cima de uma colina. Possuí uma economia baseada na agricultura e em negócios, principalmente o turismo. É dividida entre Borghetto, Canepari, Caniparola, Carignan, Giucano, Marciaso, Melara, Paghezzana, Ponzanello, Mail, Pulica e Tendola.

De Melara os ciclistas passarão por uma pequena parte da Ligúria, logo pegando a estrada “Foce de Ortonovo”. Que em aclive e cheia de curvas, chega à Carrara, onde termina a sexta etapa e começa no dia seguinte a sétima, que irá até Montalcino.

Carrara é uma cidade que estende-se por uma área de 71km2 que vai desde as montanhas, onde são extraídos os tão famosos “Mármores de Carrara”, até o mar. Tem cerca de 65.560 habitantes.

Devido ao famoso mármore, que facilitava o intercâmbio de culturas entre outras cidades e até países, a cidade conseguiu se firmar no roteiro cultural internacional. Entre os eventos culturais mais populares destacam-se os ligados há esculturas, como Bienais e museus dedicados tanto a manufatura do mármore, desde a sua extração da montanha até as grandes obras de arte, quanto aos museus de Arte propriamente dito. Além de disponibilizar os melhores cursos do país, talvez do mundo, da arte em mármore.

Em Carrara eles fazem uma pausa para no dia seguinte começarem a etapa 7 que será nosso assunto da semana que vem.

Enquanto isso, retornem ao mapa e veja todo o trajeto da etapa 6 do Giro d’Italia. A cada post novo sobre o “Giro” o mapa será atualizado com as cidades que descreverei aqui. Então no final será um mapa só e que poderá ser visualizado da mesma forma desde o primeiro até o último post sobre o assunto.

Mapa Giro d’Italia 2010 na Toscana

Até!!

Anúncios

Responses

  1. Estou adorando os posts sobre o Giro d’Italia! Muito bacana essa idéia de descrever as cidades que fazem parte do percurso!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: