Publicado por: Flavia Sbragia | 28/03/2010

A Lenda do Volto Santo

O Volto Santo, também chamado de “a Santa Cruz”, é um crucifixo feito em madeira medindo 2 metros e 45 centímetros de altura e 2 metros e 75 centímetros de largura.

Diz a lenda que ele foi esculpido por Nicodemos, homem mencionado no evangelho de João (cap.3), depois da morte e ascensão de Jesus. Este trabalho foi designado a ele pois queriam um crucifixo com as verdadeiras feições de Jesus e achavam que ele era um dos poucos capaz de fazê-lo com tanta perfeição.

Com a madeira e as ferramentas, esculpiu todo o busto da imagem, faltando apenas a sua face. Como já estava cansado, pois passara o dia inteiro trabalhando na obra, resolveu dormir. Ao acordar no dia seguinte, qual não foi sua surpresa quando viu que o crucifixo já estava terminado. Anjos, durante a noite, trabalharam por ele e esculpiram a face de Jesus.

Durante anos, até sua morte, Nicodemos escondeu a imagem em uma gruta, no subsolo, com medo de que os judeus a roubassem e destruíssem Durante anos ela foi venerada até que quando o bispo Gualfredo a encontrou e resolveu colocá-la em um barco adornado com muita cera e luzes. A recobriu com betume entregando a Providência Divina e esperando que encontrasse uma região onde vários povos saberiam o ocorrido e iriam venerá-lo.

O barco, milagrosamente sem vela e sem tripulação, apenas continha o crucifixo, chegou no porto de Luni. Neste meio tempo, em uma noite um anjo aparece para o bispo Giovanni, de Lucca, dizendo que ele deveria ir com seus irmão ao porto de Luni, pois tinham encontrado uma escultura muito importante pois era a representação do verdadeiro Cristo crucificado.

O bispo junto ao clero e o povo, correram ao porto para apanhar a imagem. No entanto as ondas do mar eram muito fortes e o barco ia em direção aos luneses, mas por uma providencia divina a embarcação mudou seu rumo, retornou e foi em direção aos luccheses, que a resgataram e levaram para sua cidade em cima de uma carroça puxada por dois touros.

Hoje podemos vê-la na Catedral de San Martino, Lucca. No dia 13 de setembro é comemorada a “Festa da Santa Cruz”, onde o povo em procissão com roupas típicas medievais levam o Volto Santo da igreja de San Frediano, primeiro lugar que abrigou a imagem, até a catedral onde hoje ela é encontrada. A cidade é adornada com tochas e galhardetes para dar todo um clima da era medieval.

Mas muito mais que uma lenda, ele é um ícone de fé, de união entre os Luccheses, que ainda hoje leva multidões às ruas da velha cidade nos dias de festa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: