Publicado por: Flavia Sbragia | 21/02/2010

Pela Toscana

Para conhecer a Toscana o melhor mesmo seria tirarmos uma super férias, pois é muito interessante passearmos por cada cantinho de cada cidade da região. E isso demanda tempo.

Infelizmente isso não é possivel, sempre temos apenas alguns dias, por sorte um mês de férias. Então para não deixarmos de lado, como uma opção só possivel depois da aposentadoria e mesmo assim quando esta é reservada às viagens que não pudemos fazer antes aqui vão algumas dicas de como conhecer a Toscana quando não se tem um tempo suficiente.

Temos duas escolhas de viagem, principalmente quando resolvemos ir ao exterior. Ou entramos em alguma excursão, o que é mais comum, ou planejamos ir por conta própria.

Na excursão já temos um plano pré traçado e temos que segui-lo, o que muitas vezes não é o ideal pois o tempo para cada lugar é minimo, não dá para conhecer, desfrutar das belezas das cidades, acaba tudo uma correria e apenas as fotos serão as lembranças que muitas vezes nem lembramos onde tiramos.

O melhor mesmo é ir por conta própria, assim ficamos o quanto achamos necessário permanecer nas cidades. E dessa maneira temos algumas opções de roteiros. Podemos alugar um carro. Ao lado dos aeroportos tem sempre algumas empresas de aluguéis de carros, o quê também podemos agendar de casa pela internet.

Com um carro como meio de transporte e você, ou alguém que esteja com você, de motorista, pode preferir pegar as vias secundárias para ir passando por dentro das cidadezinhas ao invés de seguir a via principal que acaba passando “por cima” delas, longe de toda a magia, dando apenas a opção de você entrar nas cidades em que quiser conhecer.

Pelas vias secundárias podemos admirar todas as nuances da região. Descobrir cidades em lugares que nem imaginávamos que existissem. Cidades que o tempo esqueceu por lá. Deixou como prova de que ele passa, mas as boas coisas ficam.

São nelas que vemos com mais perfeição os campos de girassóis, os bosques de ciprestes. É onde podemos andar pelas curvas das colinas e vales.

Mas a essa altura vocês já devem estar se perguntando: “Tá legal, gostei muito de saber que de carro é muito interessante, mas e daí? Não conheço a região e posso me perder por essas vias.”

Acalmem-se, andar pela Toscana não é um bicho de sete cabeças!!! Basta adquirir um bom mapa da região. Normalmente as lojas de aluguéis de carro já disponibilizam um para os seus clientes, mas muitas vezes nas bancas de jornais há algum melhor, com mais detalhes.

Então é só seguir as estradas, mas se mesmo assim é fácil se perder, tem uma placa que é foi tiro e queda pra mim. É a “tutte le direzioni”. Tá perdido? Não sabe que caminho seguir? Ida ou volta? É só encontrar essa placa e segui-la que tá tudo certo. Já já você se reencontra no caminho. Ufa!! Mas também não vá pensando que é dificil encontrá-la, há um monte dela espalhada pelas estradas.

Vale muito a pena!!!!

Mas se não der para alugar um carro, ou não quiser se aventurar pelas estradas então há duas possibilidades. Ou pegar um trem ou ir de onibus mesmo. E até os dois, pois tem cidades que o centro histórico fica um pouco distante da estação de trem. É só fazer um planejamento antes da viagem.

Veja quais cidades quer conhecer, quanto tempo quer passar em cada uma. Não aconselho apenas uma manhã ou tarde, muitas precisam de ao menos um dia para ser “descoberta”, Florença nem um dia! No mínimo no mínimo dois dias e olhe lá! Vai ter que voltar porque não deu pra conhecer tudo o que queria.

Veja o tempo que poderá dispor para a viagem. Se não tiver muito tempo utilize Florença como base e a partir dela vá conhecendo as outras cidades. Pois ela fica no centro da região e lá há transporte para todos os lugares. Prefira um hotel próximo à estação ferroviária, mas nem tanto, pois muitos ali por perto não são tão agradáveis. Deixarei, aos poucos, algumas dicas na página “come e dorme” aqui do blog.

Depois veja os horários dos onibus e trens, para assim passear com a tranquilidade que o momento merece, ou melhor, você merece. E boa viagem!!

Anúncios

Responses

  1. Ansiosa pelo próximo post! É uma delícia ler o que vc. escreve sobre a Toscana!

  2. Estou programando uma viagem par Itália na semana santa de 2012. Estou querendo obter informações sobre o movimento de turistas nesta época do ano, visto que o páis é extremamente católico. Tenho preocupação com muitas filas, muitos turistas , etc…
    Obrigada.
    Maria Lúcia

  3. Flávia,
    Minha família tb é de Lucca…Família Zaroni.
    Vou me casar este ano, em julho, e iremos passar a lua de mel na Toscana.
    Queremos ir por conta própria, para podermos conhecer as cidades de forma única, como vc mesma mencionou…
    Será que poderia nos dar dicas de cidades, hotéis e tempo médio de estadia em cada lugar?
    Obrigada!
    Ana Cecilia Zaroni

  4. Que legal! Muito boas dicas! Obrigada.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: